• foto

Com curadoria de Antonia Gaeta a exposição Sereno variável congrega cerca de 170 obras dos diversos núcleos da coleção Treger/Saint Silvestre - a selecção testemunha o gosto dos colecionadores pelo retrato e figura humana nos domínios da arte bruta e outsider. 

"O enigma que uma das esfinges nos coloca à entrada do parque dos monstros de Bomarzo principia o arranque de ideias presentes na exposição Sereno variável. Segundo as múltiplas narrativas que acompanham a construção do parque italiano iniciado em 1552, o príncipe Pier Francesco Orsini, teria dedicado o sacro bosque a um grande amor. Orsini, ajudado pelo arquitecto Pirro Ligorio, criou uma gigantesca cenografia, uma villa delle meraviglie feita de monstros de pedra, animais fantásticos e figuras enigmáticas das mais bizarras antropomorfias. Entre as muitas hipóteses interpretativas possíveis, Bomarzo é um auto-retrato em pedra e vegetação." 

(Antonia Gaeta)


Patente no Centro de Arte Oliva de 30 de outubro 2020 a 2 de maio 2021.
Todos os direitos reservados - © S. João da Madeira - Turismo Industrial