Turismo Industrial recebe três novas empresas

2017-09-14
Três novas empresas vão integrar o roteiro de Turismo Industrial de S. João da Madeira, já a partir de  14 de setembro de 2017.

O setor dos colchões é novidade nos circuitos do Património Industrial sanjoanense.Os circuitos do Turismo Industrial incentivam o turista a conhecer algumas das mais importantes empresas portuguesas, sediadas no concelho de S. João da Madeira, como a Viarco, a única fábrica de lápis do país em laboração, a Helsar e a Evereste, do setor do calçado, a Cortadoria Nacional de Pêlo e a Fepsa, da indústria da chapelaria, e a Heliotêxtil, da área das passamanarias. Também o Museu da Chapelaria, o Museu do Calçado, a Oliva Creative Factory e a própria Torre da Oliva integram o circuito, que compreende ainda a Academia de Design e Calçado e o Centro Tecnológico do Calçado de Portugal.

O projeto dá agora mais um passo na inovação e na diversidade industrial da iniciativa, que ao setor do calçado, dos lápis, do têxtil e das artes gráficas alia o setor dos colchões e a indústria das etiquetas.

Bulhosas, Molaflex e Flexitex são as empresas que passam a integrar os circuitos do Património Industrial da cidade, feito conseguido por espelharem a alma industrial e inovadora de S. João da Madeira, que desde o século XX tem um lugar de destaque na industrialização do país. A empresa Bulhosas, um exemplo de adaptação à mudança dos tempos na cidade sanjoanense, nasceu no ano de 1935 e dedica-se à produção de etiquetas. No seu edifício,  nomeadamente na sua sala museu, vai ser possível conhecer a história da empresa, onde estão expostas máquinas e catálogos de etiquetas que atravessaram gerações. Já uma visita pelas atuais instalações vai permitir a observação do funcionamento das máquinas e a consequente produção de etiquetas e rótulos.

Adicionar comentário

pt
en
Todos os direitos reservados - © S. João da Madeira - Turismo Industrial