“Poesia à Mesa” começa nesta sexta-feira

2017-03-09
cartaz
Evento decorre até ao final de março
“Poesia à Mesa” começa nesta sexta-feira em S. João da Madeira

A partir desta sexta-feira, 10 de março, as palavras de seis autores de língua portuguesa percorrem S. João da Madeira, na 15.ª edição da Campanha Poesia à Mesa, organizada pela Câmara Municipal. Logo nesse primeiro dia do evento – e até ao final do mês –, todos são convidados a deixar os seus próprios poemas nas folhas penduradas em cordas que atravessam a Praça Luís Ribeiro, no centro da cidade.
 
Também no âmbito dessa iniciativa, intitulada “Poesia na Corda”, decorre dentro das escolas sanjoanenses o projeto “Poemas Pequeninos”, com o apoio da Rede Concelhia de Bibliotecas Escolares, que lança o desafio aos mais novos de escreverem, também eles, poemas que acabarão pendurados nas cordas da cidade.
 
Nesta mesma sexta-feira, às 21h30, é inaugurada a exposição de fotografia e poesia galego-portuguesa intitulada "Terra", que reúne fotógrafos e poetas que partilham – por pares – as suas particulares maneiras de ocupar a folha em branco. Esta mostra estará patente na Biblioteca Municipal, serviço que, ao longo do mês, divulga parte do seu acervo de poesia, dando a conhecer o seu riquíssimo espólio e alguns dos autores portugueses mais relevantes.
 
Confirmando-se como um dos espaços de eleição da Poesia à Mesa, a Biblioteca Municipal é palco ainda da exposição “Poesia de Encantar”, que resulta das atividades dos Mobiles Poéticos e dos Balões Poéticos, dirigidas ao público infantil. A abertura está marcada para 13 de março.
 
No dia 16, o autor sanjoanense Tiago Moita lança o seu terceiro livro de poesia intitulado “Metanoia”, da Chiado Editora. A sessão decorrerá às 21h30, igualmente na Biblioteca Municipal de S. João da Madeira.
 
Estes são momentos da primeira semana da Campanha Poesia à Mesa, que decorre até ao final de março em S. João da Madeira, com uma programação diversa e de qualidade, que contempla espetáculos, exposições, oficinas criativas poéticas, declamações em bares, restaurantes e fábricas, animação de rua, apresentações de livros, conferências com poetas, entre outras atividades.

Figuras públicas juntam-se ao evento

Como marca distintiva desta iniciativa, saliente-se a produção de um vasto conjunto de materiais (toalhetes de mesa e bases de copos e chávenas, sacos de pão, aventais, lápis) onde são impressos os textos dos seis poetas homenageados na campanha deste ano: António Aleixo, António Torrado, Cláudia R. Sampaio, Egito Gonçalves, Joaquim Pessoa e Olinda Beja. Distribuídos massivamente, estes materiais levam aos restaurantes, cafés, bares, padarias e comércio em geral, a palavra dos poeta e a sua própria imagem.
 
Comissariado pelo poeta e escritor de literatura infanto-juvenil José Fanha e pelo professor, escritor, leitor-performer e pedagogo, Paulo Condessa, a Campanha fica também marcada pelo envolvimento de figuras públicas da área da cultura, que juntam a sua voz à comunidade local para dizerem poemas e falarem de poesia.
 
Os atores Alexandre Sousa e Paulo Pires, e sexólogo Júlio Machado e o músico Júlio Resende são presenças confirmadas para diferentes momentos programados para a segunda quinzena de março), durante a qual será ainda lançado o livro Amor com Amor se Mata”, da sanjoanense Rita Pinho Matos, editado por “Estratégias Criativas”. Entre 20 e 25 de março haverá declamações em restaurantes e fábricas da cidade.

Adicionar comentário

pt
en
Todos os direitos reservados - © S. João da Madeira - Turismo Industrial