Inauguração Museu do Calçado

2016-11-08
Inauguração Museu do Calçado
Investimento de um milhão de euros inaugurado pelo Secretário do Estado de Desenvolvimento e Coesão, pelo Presidente da Câmara de S. João da Madeira e pelo criador de moda Miguel Vieira. Primeira exposição temporária é de Luís Onofre.

O Museu do Calçado, em S. João da Madeira, abriu ao público neste sábado, 5 de novembro, numa cerimónia que contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de S. João da Madeira, Ricardo Oliveira Figueiredo, do secretário de Estado do Desenvolvimento e Coesão, Nelson de Souza, e de Miguel Vieira, nome incontornável da moda nacional e internacional. O novo espaço museológico do concelho, que resulta de um investimento de um milhão de euros por parte da autarquia, terá entrada gratuita até ao final do ano.

Localizado na histórica Torre da Oliva, o Museu do Calçado celebra uma indústria que marcou, e marca, de forma indelével o concelho de S. João da Madeira, homenageando todos aqueles que, de uma forma ou outra, contribuíram para que o calçado se transformasse num dos principais produtos de exportação nacional. Ao preservar a memória coletiva de todo o processo produtivo, o Museu do Calçado projeta também o que de melhor se faz em Portugal. Mais do que uma evocação do passado, este novo espaço museológico é uma afirmação do presente, com os olhos postos no futuro.

Com mais de 500 sapatos expostos, parte de um acervo com mais de 7000, o Museu do Calçado conta também com as máquinas e as ferramentas que forjaram incontáveis pares de sapatos, para além de vinte réplicas de vários períodos históricos, desde a pré-história ao século XX, e réplicas de vestuário da idade medieval e do século XVIII. Esta abrangência é ainda fortalecida com a mostra de quatro dezenas de obras de arte contemporâneas na zona expositiva Sapatos com Arte.

O Museu conta ainda com um núcleo dedicado a sapatos de famosos, onde se destacam um par cedido pelo atual secretário-geral da ONU, António Guterres, os de Eunice Muñoz, referência maior do teatro em Portugal, os sapatos vermelhos escolhidos por Filipe La Féria para Dorothy no musical Feiticeiro de Oz ou do escritor Valter Hugo Mãe. Se os sapatos dizem muito sobre as pessoas, é aqui que se podem tirar todas as dúvidas.

A primeira exposição temporária que o Museu do Calçado acolhe é dedicada a Luís Onofre, nome maior da criação de calçado em Portugal e que impôs o seu trabalho além-fronteiras, transformando-se numa referência no setor. Denominada “Uma história de paixão, herança e resiliência”, a mostra dedicada a Luís Onofre conta com exemplares que chegaram aos pés de mulheres tão famosas como Michelle Obama ou Letizia Ortiz, rainha de Espanha.

Horário de funcionamento
Terça-feira a sexta-feira: 09h00 - 12h30 | 14h00 - 18h00
Sábado: 10h00 - 13h00 | 14h00 - 18h00
Domingos e feriados: 10h30 - 12h30 | 14h30 - 18h00
Segunda-feira: Encerrado

Preços
Entrada gratuita até 31 de Dezembro de 2016

Localização
Torre da Oliva,
Rua António José de Oliveira, 591
S. João da Madeira

Adicionar comentário

pt
en
Todos os direitos reservados - © S. João da Madeira - Turismo Industrial