• NAO
  • NAO
  • NAO
  • NAO
  • Núcleo de Arte da Oliva
  • Núcleo de Arte da Oliva
Arte Contemporânea e Arte Bruta
 
O Núcleo de Arte da Oliva é um centro de exposições de arte e de gestão de coleções criado em 2013 pelo Município de São  João da Madeira no âmbito do projeto de reconversão de um dos mais simbólicos edifícios industriais da cidade, a fábrica e fundição da Oliva. É a única instituição artística no país dedicada à arte contemporânea e à arte bruta/outsider. Com uma área de exposição de cerca de dois mil e quinhentos metros quadrados, organizados em três galerias, apresenta um programa anual de exposições temporárias. O programa de exposições apresenta de forma regular e contínua as coleções de arte em depósito no Núcleo a par de exposições de artistas consagrados, nacionais e internacionais.
 
No Núcleo de Arte estão depositadas em regime de comodato duas importantes coleções particulares. A coleção de Norlinda e José Lima - um dos maiores acervos privados de arte contemporânea em Portugal e a coleção Treger/Saint Silvestre - um dos mais importantes acervos de artes marginais como Arte Bruta/Outsider e Arte Singular da Europa. Juntas somam mais de duas mil obras e cerca de quinhentos artistas, nacionais e internacionais, sendo cada uma resultado de mais de trinta anos de colecionismo. Ambas foram distinguidas em 2017 com o Prémio Colecionador da APOM.
 
É um lugar privilegiado para a educação, difusão, discussão e valorização das expressões artísticas contemporâneas e que promove  a acessibilidade, participação e desenvolvimento dos públicos. Neste âmbito realiza atividades educativas e artísticas através de visitas orientadas às exposições, oficinas artísticas e de exploração performativa, intelectual e critica, cursos teóricos para adultos, num conjunto de ações que  partem das nossas exposições e encorajam o desenvolvimento de novas perspetivas e aproximações à arte.

Exposições temporárias sob consulta.
Todos os direitos reservados - © S. João da Madeira - Turismo Industrial